NAY ENTRE SONHOS

terça-feira, 12 de junho de 2018

A casinha

É tão bom se sentir em casa, está na nossa casinha é a coisa mais legal que pode haver no mundo. Na nossa casinha estamos protegidos do sol, do frio e outros perigos, mas essa casinha à qual me refiro não é exatamente a nossa casa, aquela que chamamos de lar doce lar, falo da casa do mestre dos mestres, aquele que sofreu por nós numa cruz para nos livrar de grandes aflições e esta casinha tem vários nomes e formas, algumas parecem até Palácio, outras são tão simples quanto uma cabaninha, mas todas com o mesmo propósito que é proteger seu povo.
E como eu disse, muitas casinhas dessas tem nomes gravados em placas, o que faz alguns humanos brigar para mantê-las abertas e vocês perguntam, o que tem nessa casinha que todos causam guerras entre si e comentem graves erros violando as escrituras sagradas?!
Nessa casinha há o esconderijo do mestre, nesse esconderijo você tem paz, alegria e todo seu passado é apagado quando você se rende ao Mestre Jesus Cristo, sim, a casinha é dele e ele aceita todos de volta se julgar ninguém com o único propósito de obedecer à Ele e em troca ter sua proteção e seu amor que é o mais puro desse mundo.


 Mas muitas vezes nessas casinhas ocorrem alguns erros, não estou generalizando, ao contrário, sei que muitas casinhas dessas seguem a ordem natural do mestre, nessa casinha você encontra seu verdadeiro eu e descobre o verdadeiro sentido da vida e muitas vezes pode parecer confuso, mas com o passar do tempo que aceitamos estar sobre a proteção do Mestre, começamos a entender a vida e naturalmente começamos a ser obedientes à suas regras, nos sentimos em casa e protegidos, mesmo que pareça um pouco louco, mas é essa loucura chamada fé que nos salva de uma vida triste e sem cor.

Então, conseguiram descobrir que casinha é essa?!
Se você pensou em Igreja, você acertou.
Só te peço uma coisa, não importa qual casinha vai te fazer feliz, só entre e habite no esconderijo do altíssimo, entregue-se, dê uma chance para o Mestre dos Mestre te fazer feliz, acredite, tenha fé e ame infinito sempre.

Beijos iluminados

Nay Gómez 

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Chuchu ou Jiló

Aí vocês já vão perguntar, porque chuchu ou Jiló, o que tem haver... Bom, talvez possa não fazer nenhum sentido, mas tenho certeza que vocês irão entender.
  Quem aqui já comeu chuchu?!Sabemos que é uma verdura um tanto sem graça e para ter um pouco mais de sabor é preciso usar todos os temperos da cozinha e talvez se a gente juntar com outras verduras, ele, o chuchu ficará com o sabor das verduras misturadas, por que o chuchu foi influenciado pelo sabor das outras verduras e aí eu pergunto :O que aconteceria se o Jiló fosse misturado com outras verduras?! Sabemos que ele é amargo e junto com outras verduras ele dar seu sabor para as outras, ou seja o Jiló influenciou as outras verduras deixando marcante seu sabor.
Ok, vocês não estão entendendo?! É simples, bem assim são alguns seres humanos, muitos se deixam serem influenciados por simples situações e muitas situações não são boas, mas outros são capazes de influenciar sempre no bom caminho, o caminho de Deus e então eu pergunto :
Quem é você? Chuchu que se deixa ser influenciado por um caminho, digamos ;torto?
Ou você é como o Jiló, que influencia, dando mais sabor?!

Comente aqui nos comentários, vou amar te ter por aqui.

Bjos,
E até outro dia.

Nayara Gómez 

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Anjos Rebeldes

Oieee, lovers!


Todo mundo sabe o quanto eu amo ler e escrever, hoje vim trazer uma pequena amostra de um dos meus livros que está lá no wattpad, é um app de leitura muito legal, você encontra livros para todos os gostos, porém, são autores que estão começando agora, para quem ama ler ou escrever, esse é o espaço certo, você pode escrever seu próprio livro, compartilhar suas experiências com outros autores. 


Então vamos para o trecho de uma das minhas histórias. 


Anjos Rebeldes 

As vezes a vida nos prega peça.Desde que me conheço por gente sinto uma diferença estranha,não sei se é bom ou ruim,sei que desde criança sinto uma falta grande dentro de mim ou na minha vida,sei lá,sei que sempre fui incompreendida,mas tento não deixar transparecer,as coisas mudam quando salvo um cachorrinho ou outro animalzinho qualquer,mas aí de repente essa fraqueza volta,queria poder gritar o que sinto,mas já me acham estranha e se eu gritar piora tudo,semana passada ouvir o papo esquisito entre minha mãe e o idiota do meu padrasto,ela dizia que devia ter me internado em alguma clínica psiquiátrica para ver se eu melhorava,disse que sou estranha por ser tímida e viver perdida nos sonhos e imaginação.
Meus sonhos me salvam de uma tristeza cinsa e fria,sinto-me parte de um planeta.
Fiquei pensando naquele papo o dia todo,a semana,mês,inteiro,etc.
Falei com Zen,ele é um tipo de conselheiro e desde que tinha oito anos que converso com ele,o mais estranho é que só eu vejo,minha mãe me chama de louca,mas quase não me abala mais,Zen vive dizendo que devo ser forte,por que ainda vou passar por muitas batalhas até encontrar meu lugar,meu mundo,estranho,né?!Não penso muito nisso pra não surtar de vez.
Tudo o que eu queria é saber do meu pai,ele foi embora quando eu tinha 3 anos,ele me abraçou forte,tão forte que senti o perfume dele,ficou guardado dentro de mim ou é por causa do colar que ele me deu,essa pedrinha lilás nesse cordão marron,não tiro do pescoço nunca,sinto ele perto de mim e papai disse para cuidar dessa pedrinha que ele chamava de pedra da lua,as vezes ela brilha e me assusta um pouco,mas sinto uma paz tão boa,esse colar me acalma,tem algum poder,por que Zen falou para ter cuidado.
Quando eu tinha dez anos,estava indo para o meu lugar secreto quando encontrei com aqueles dois,um homem cabeludo de olhar estranho,sínico ou frio,sei lá e aquela mulher de olhar sarcástico,meio maléfica,eles viram a pedra lilás e tentaram pegar,corri,corri pela mata,me arranhando toda,fiquei meio perdida,nem é tão grande assim,fica na frente da minha casa,um tipo de sítio,mas estava ficando escuro e eles continuaram atrás,lembro que caí de um barranco,não conseguir segurar em nada e quando parei de descer foi quando bati em algo,uma pedra,talvez,apaguei,acordei um tempo depois dentro de uma caverna,com um pano na testa,tentei levantar,mas meu corpo doía,minha cabeça também,em especial a testa,bem no lado direito,cortou quando bati na pedra,por isso que apaguei.
Vi um homem entrar com outra tocha acesa e colocou do outro lado,ele tinha cara de lua cheia,uma barba comprida que se misturava nos cabelos pretos e grande,tinha um sorriso doce.Mesmo assim fiquei com medo e ele me disse:
" __Está tudo bem,pequena."
" __Quem...é você?"
" __Me chame de Gollen Dial."
" __O que aconteceu?"
" __Você caiu do barranco e bateu a cabeça na pedra."
" __E eles?"
" __Foram embora quando me viram chegar.
" __Eles queriam a pedra lilás,meu papai disse para cuidar desse colar"
" __A pedra do poder,menina jamais perca esse colar,ele possue muito poder,em mãos erradas coisas terríveis poderá acontecer."

Foi aí que tive certeza que esse colar é mágico,fiquei com uma cicatriz em forma de "V",ele disse que é a marca Dele junto com a magia de Greenwich e ele disse que sempre haverá pessoas atrás de mim querendo a pedra da lua,não entendi,ou talvez não quis entender,no outro dia,antes de tudo acontecer tive um pesadelo estranho com alguém que usava uma capa escura e o capuz tapamdo o rosto,ele me chamava para ser amiga dele,mas sentir medo,um medo que me congelou,aí acordei,não consigo apagar esse pesadelo da minha mente.
Enfim,passou o tempo e não vi mais Goller Dial,ele só me levou pra casa e sumiu dentro da mata,eu tentei encontrar,mas quase me perdir outra vez,perguntei para Zen se ele sabia quem era,mas ele fingiu não entender.
Agora vou ficar com essa curiosidade cruel me atormentando.


História completa no link Anjos Rebeldes


É aí, curtiram?! 

Corram para saber o que vai rolar na história. 


Beijos, Nayara Gómez 


quarta-feira, 23 de maio de 2018

Voltei para BH e novidades

Oieee, lovers!

Tudo bom com vocês?!

Comigo vai ótimo... Claro, mesmo na correria.



Eu já não estou mais no interior e aonde estou?!... Bem... Eu acabei voltando para Belo Horizonte, calma, eu sei que eu já vim outras vezes e todas as vezes não deram muito certo talvez por causa da adaptação ou por que acabei vindo trazendo comigo a ansiedade e todo mundo sabe que a ansiedade não é boa, atrapalha muito, dessa vez eu estava preparada, de alguma forma eu estava pronta para voltar e lutar pelos meus sonhos. Ainda no interior eu preparei para esse novo desafio, fiquei um tempo longe do blog e um pouquinho só longe do canal, estava vivendo algo que amo muito, sim, eu amo escrever, amo arte, música, redes sociais, mas eu falo de outro amor, o meu amor pelos animais (cachorros) e enquanto eu cuidava de alguns dogs que foram abandonados, eu me aproximei daquele que por nós sofreu e morreu na cruz, sim, voltei para JESUS e resgatei o verdadeiro amor, por antes eu andava querendo desistir de tudo, por que talvez não fosse certo continuar com projetos que parecia ser impossíveis e também porque não encontrei apoio nas pessoas que achei que acreditasse em mim, estive a ponto de acabar com tudo, mas a luz se acendeu dentro de mim e os velhos sonhos acordaram e novos sonhos nasceram, encontrei verdadeiros amigos que acreditam em mim e estão sempre do meu lado e o maior dos amigos que me tirou do buraco negro foi Ele, Jesus, com ele percebi que sempre posso contar e Ele me disse que não devo me importar com o que o mundo pensa, é só eu e Ele, só precisei voltar e acreditar mais nos meus dons e sonhos, ter fé e coragem para correr atrás do que me faz feliz. E quando decidi voltar para BH, eu só disse que ia vim, para falar a verdade eu não fiz muitos planos, apenas tomei a decisão de sair do interior e encarar o desafio, encontrar o meu lugar no mundo, tá bom, eu confesso, não vim sozinha, vim com minha irmã, a gente precisava de um lugar novo pra recomeçar, não está sendo fácil, a saudade aperta, mas lá no interior a necessidade apertou mais, eu queria continuar cuidando dos cachorros abandonados, mas faltava muita coisa, lá em São Francisco-MG não tem abrigo para eles, então eu e meus amigos protetores cuidava do jeito que dava, nas nossas casas, com ajuda e apoio uns dos outros e o mesmo objetivo, criar uma ONG de proteção aos animais, ajudar os peludos de rua, então decidi voltar para BH para estudar mais, trabalhar para conseguir construir um abrigo para eles, é um longo caminho, mas agora tenho certeza que vai vai dar tudo certo aqui conheci amigos incríveis, que sempre estão do meu lado, aconteça o que acontecer e eu não desisti do canal, por lá vai rolar muita coisa pra animar a galera e o principal para motivar a galera continuar acreditando que tudo é possível, não precisa desistir dos seus sonhos, só precisa ter fé, coragem, ousadia e amar muito, mesmo aqueles que tentam te derrubar... Bem, galera, eu vou parando por aqui senão vira livro... Ah, e falando em livro, que tal fazer uma visitinha lá no wattpad, um site de livros, já tenho três livros publicados lá no NayaraXavierDoBlog  e não esqueça de de seu comentário aqui no blog e fique de olho no canal, se não é inscrito, corra e se inscreva, estamos chegando a 500 inscritos e vai rolar uma novidade especial... (Ainda estou decidindo)... Mas inscreva é deixe like, não esquece do Sininho das notificações.


Agora sim, eu vou ficando por aqui.
Volto em breve com mais histórias sobre essa minha aventura.

💖Beijos e beijinhos da Nay Gómez 💖

sábado, 19 de maio de 2018

Paciência e uma Guerra



Parece ser uma palavra comum, mas é tão forte, ela pode ser simples, fácil à ser aplicada, mas algumas pessoas pulam e partem para o estresse, lembro que eu era assim,por fora se mostrava calma e por dentro estava explodindo, parecia que havia uma guerra dentro de mim, talvez houvesse, mas eu não sabia,pensava que era parte de mim, mas não era, era um ser estranho que controlava, mas um dia tomei uma grande decisão, decidi eu mesma me controlar,eu e um amigo de verdade,junto com ele descobrir que tudo posso, por que antes mesmo de eu conhecer ele,Ele já me conhecia,mas minha falta de paciência nos afastou, então eu sofri, chorei e ninguém me compreendia,mas ele me entendia, havia uma guerra dentro de mim, mas hoje em dia tudo se acalmou, a guerra acabou e toda a falta de paciência desapareceu, estou feliz, pronta para continuar a nova cultura, onde há paz,amor e felicidade.
Por que o único propósito é amar infinito e ser feliz.
Acreditar  e não desistir.



Beijos, Nay Gómez 

Você é importante

Ei... É, você mesmo que está aí, achando que não vale nada, que pensa que as pessoas não te amam;saiba que eu te entendo, sei o que você sente, um dia estive assim como você, triste, e achando que ninguém me queria,mas saiba que não é verdade, não é verdade que ninguém te quer, há muitas pessoas que te admiram e quer o seu bem. Tá, você vai dizer que é fácil falar, e eu vou falar que não é fácil,não é fácil olhar para si no espelho e perceber que tudo o que sente é um equívoco, algo que um dia entrou na sua cabeça, sem perceber e foi crescendo e contaminou seu coração, mas enfim, você pode vencer esse sentimento, você é mais forte do que você pensa, só precisa encontrar a ponta do fio e começar a desrolar, pare diante do espelho de olhos fechados e abre, se olhe e diga:
⭕Eu sou forte, eu posso.
Esvazie sua mente e seu coração e diga:
⭕Eu acredito que em mim, eu vou vencer.
Não se importe com o que vão dizer, você é linda, seu sorriso é tão lindo quanto o por do sol. Eles não sabem o que dizem, você é vencedor (a) e nada e ninguém pode mudar isso. 



Vem, vem comigo e te mostrarei a luz, deixe entrar e mudar o seu eu, domine seu coração e sua mente, você é precioso e vale muito, não pense nisso que ninguém te ama, por que sempre há alguém que te quer bem.
Viva cada dia como se fosse o último, você é importante.

Beijos,
Nay Gómez 

Ninguém me quer

Quem nunca se sentiu assim? Atire a primeira pedra quem nunca disse ninguém me, ninguém me ama. Algumas vez na nossa vida já abrimos a boca para dizer que não somos amados e esquecemos daquele que por nós sofreu e morreu, você já deve saber quem estou falando, muitas vezes coisas acontecem em nossas vidas que nos deixa triste e nos  leva a pensar que estamos sós.



É muito do ser humano reclamar e dizer tais besteiras, mas saiba que quando você diz que ninguém te quer, esse ninguém mesmo nem liga para o que você sente ou diz, sim, pode parecer grosseiro, mas é verdade, aí você já vai ficar assustado só de chegar até aqui, né?! Mas a resposta é tão simples quanto Milk shake de chocolate, você só precisa parar, pensar e olhar pra você, não olhe para trás, mas não esqueça as lembranças, principalmente àquelas dolorosas, pois, acredite, são as mais dolorosas que te faz ser forte, pode não fazer sentido, mas quando tudo entra no eixo, tudo começa a fluir bem e voltando lá trás, lembramos daquele irmão-pai que partiu levando consigo todas as dores e males, então sempre que bater aquele vazio, não pense que você está sozinho(a), muitos te querem, mas não sabe como dizer ou talvez você não está permitindo que os bons sentimentos invada seu coração e sua mente,viemos ao mundo com um único propósito, amar infinito e passar para frente, mas antes de tudo é preciso que nos entreguemos à ELE de corpo, coração mente e alma, valorizar-nos mais, aceitar-nos e acreditar que somos capazes de tudo mesmo que o mundo esteja contra e quando você perceber já vai estar rodeado por uma multidão, mesmo que pequena, que te ama e te admira, basta se permitir e aceitar o que Deus tem para dizer, pode ser muito difícil no início, mas aos poucos você vai perceber que tudo faz sentido, então, apenas viva cada momento e esqueça aqueles sentimentos ruim que te faz chorar, acredite e  tudo fará mais sentido.